Entenda agora maiores informações sobre a Previdência Social

O Instituto Nacional do Seguro Social, conhecido popularmente pela sigla INSS, é um órgão do Ministério da Previdência Social que tem ligação direta com o Governo. Ele tem a responsabilidade de administrar todos os pagamentos de aposentadorias e outros benefícios que os trabalhadores brasileiros que contribuem com a Previdência Social têm direito.

É muito importante estar contribuindo com o INSS pois deste modo você poderá garantir o recebimento de benefícios durante todo o período de sua aposentadoria e além disso, o trabalhador que contribui para a Previdência Social também tem direito ao recebimento de auxílio-doença em situação envolvendo afastamento do serviço por motivos de saúde.

Acessando o site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br), você poderá ter acesso a muito mais informações, além da de consultar também a tabela oficial das datas utilizadas para saber quando deve ser sacado o seu benefício.

Este artigo é perfeito para você que já é aposentado e deseja entender um pouco mais sobre o Instituto Nacional do Seguro Social, portanto continue a leitura abaixo e saiba o que é a Providência Social e os benefícios disponibilizados pela mesma. Acompanhe.

O que é Previdência Social

A Providência Social é o seguro que garante uma aposentadoria ao cidadão que deixou de prestar serviços para uma empresa na qual tinha vínculo de carteira assinada, seja por motivo de acidente, doença maternidade ou até permanentemente (invalidez, velhice e morte). Caso o cidadão se encontre afastado por conta de morte, a renda garantida pelo seguro vai diretamente para a família do falecido.

É essencial que todos os cidadãos fiquem atualizados a respeito dos seus direitos, por isso acompanhe logo abaixo quais são os principais benefícios que são disponibilizados para aqueles que contribuem com a Previdência Social, além das aposentadorias:

  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Salário maternidade;
  • Salário família;
  • Reabilitação profissional;
  • Décimo terceiro salário;
  • Entre outros.

Como tirar o seu benefício

É muito importante que todos os cidadãos aposentados busquem se informar a respeito da tabela para consultar a data de recebimento do seu benefício. Logo abaixo ensinaremos como estar sacando o seu benefício em qualquer agência da Caixa.

Primeiramente o aposentado deve separar toda a documentação necessária e se dirigir até uma Agência da Caixa Econômica Federal apresentando o cartão magnético da Previdência Social.

Caso você não possa ir até uma agência, por qualquer motivo, deverá nomear um procurador (este que deve ser autorizado pelo posto INSS) para poder estar sacando o benefício em seu lugar.

É importante lembrar que após a disponibilização do Recurso INSS 2022, o beneficiário tem um prazo de até 60 dias para sacar o seu benefício com o seu cartão. Antes de sacar o seu benefício você pode também realizar um extrato INSS, para saber a quantia existente na sua conta.

Cartão Magnético

O cartão magnético da Previdência Social é um objeto muito importante que todo o cidadão aposentado deve possuir, pois ele que vai garantir que você retire o seu benefício do INSS nas agências da Caixa.

A primeira via do seu cartão magnético é fornecida de forma totalmente gratuita e o mesmo é pessoal e intransferível. Portanto, cabe ao titular mantê-lo sempre em bom estado de uso para evitar riscos de fraudes.

Caso você perca o seu cartão ou o mesmo seja danificado, o seu benefício será impossibilitado de ser sacado e você deverá solicitar a sua segunda Via. Após ter solicitado, basta aguardar alguns dias enquanto o seu novo cartão chega até sua residência.

Agora que você pode consultar essas importantes informações a respeito da tabela INSS 2022 e da Previdência Social, não deixe de estar se dirigindo até uma agência da Caixa para poder sacar o seu benefício. Em caso de maiores dúvidas, deixe um comentário logo abaixo para que possamos estar ajudando a resolver o seu problema.

Continue lendo: Trabalhadores do setor público já podem conferir o Calendário PASEP

Garanta sua inscrição no programa Educa Mais Brasil

O Educa Mais Brasil 2022 destaca-se como um programa do governo brasileiro que visa a inclusão educacional de milhares de pessoas que não possuem condições de pagar para estudar. Ele já existe há 11 anos e é o maior sucesso! Hoje, você vai saber tudo a respeito do Educa Mais Brasil 2022. Continue conosco!

No Educa Mais Brasil 2022 você encontra diversas bolsas de estudos que chegam a até 70% de desconto. São cursos técnicos, livres, de idiomas, curso de graduação e pós-graduação, enfim, diversos cursos para você escolher. Com o Educa Mais Brasil 2022, suas chances de estudar são enormes.

Até o momento já foram beneficiados muito mais de 300 mil estudantes com um ensino de qualidade, estando aptos a construir um futuro profissional brilhante e fazendo a diferença no mercado de trabalho. Com isso, tornam o país mais desenvolvido e justo.

O Educa Mais Brasil 2022 faz parte do programa de bolsas de estudos do Instituto Educar, foi lançado em 2003 e oferece anualmente cerca de 150 mil bolsas. Seu principal objetivo é democratizar o ensino superior no Brasil concedendo crédito educacional e não cobrando juros. O programa tem como princípio a transparência ética e a eficiência profissional que garantem a satisfação dos estudantes.

Não perca mais tempo! Você, que não pode pagar pelos seus estudos, aproveite! São milhares de pessoas beneficiadas e que estão estudando regularmente em diversas instituições. Informe-se como o Educa Mais Brasil 2022 funciona, inscreva-se e garanta a sua participação. Você não se arrependerá!

Educa Mais Brasil 2022: Informações

No Educa Mais Brasil 2022 qualquer pessoa pode se inscrever desde que se enquadre nos pré-requisitos determinados pelo programa. Existem diversos critérios para você participar do programa. Vamos destacar alguns.

  • Deve haver a existência de vagas para seu curso escolhido
  • O candidato não pode ter condições de pagar a mensalidade integral do curso
  • O candidato não pode ter vínculo com a instituição de ensino que deseja estudar, exceto se ele for candidato a vaga dos cursos de pós-graduação

O Educa Mais Brasil 2022 disponibiliza diversas bolsas de estudos em todos os períodos de formação, do berçário ao ensino médio, incluindo as formações de jovens e adultos, diversos cursos técnicos, profissionalizantes, incluindo preparatórios para concursos e pré-vestibular, e cursos de graduação e também pós-graduação.

O programa Educa Mais Brasil 2022 contempla o aluno apenas com as bolsas de estudo, dando-lhes descontos nas mensalidades. Despesas com matrícula, taxas de inscrição, uniformes, material escolar etc, são de inteira responsabilidade do estudante, ficando o programa completamente isento do pagamento de tais valores.

Educa Mais Brasil 2022: Inscrições

As Inscrições Educa Mais Brasil 2022 são gratuitas e acontecem o ano todo. Elas são realizadas pelo próprio site do programa, www.educamaisbrasil.com.br. Lá, o aluno escolhe o curso, a série e a instituição de ensino pretendida, além de preencher todos os dados cadastrais. Havendo vaga, a aprovação ocorre imediatamente.

Caso o aluno não seja contemplado com uma bolsa, ele pode fazer uma nova inscrição ou atualizar seus dados cadastrais diretamente no Portal do Aluno e aguardar. O contato é feito pela Central de Atendimento do Educa Mais Brasil.

Educa Mais Brasil 2022: O que é o Portal do Aluno?

O Portal do Aluno é um dos canais de comunicação entre o Educa Mais Brasil 2022 e o candidato. Através desse canal, o candidato acompanha o andamento da sua inscrição e sua situação financeira e também poder atualizar seus dados cadastrais.

Leia a seguir: Autorizado ou Reconhecido pelo MEC? Conheça Diferenças!

Vagas gratuitas no SENAC Americana

Atuando em todo o estado, o SENAC SP 2022 conta com unidades especializadas no oferecimento de formação profissional. Os cursos do SENAC SP 2022 são voltados principalmente para as áreas que apresentam maior demanda no mercado de trabalho. Afim de sustentar os negócios com profissionais capacitados, e suprir as necessidades da indústria, comércio e turismo.

Conheça o SENAC Americana 2022

No Brasil desde 1946, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) é uma instituição privada com finalidade pública. Uma das principais do país nesse segmento.

O SENAC SP 2022 possui, além das unidades móveis, oito instalações nas principais cidades do estado de São Paulo.

Desenvolvendo cursos nas modalidades presencial e à distância, nos segmentos aprendizagem, qualificação e técnico. E ainda, promove atendimento corporativo.

Todos os cursos são pagos, valores relativamente baixos que podem ser quitados à vista ou parcelado. Há também o Programa Senac de Gratuidade (PSG) que oferece bolsa integral aos alunos de baixa renda.

Cursos SENAC Americana 2022

O catálogo de cursos SENAC Americana 2022 promove, principalmente, a capacitação de jovens e adultos que possam movimentar o mercado de trabalho do estado. Atingindo áreas que geram emprego e renda, e alcançam as demandas do mercado.

Dentro das modalidades oferecidas, são muitos cursos promovidos pela escola. Veja as áreas de atuação disponíveis:

  • Administração e Negócios;
  • Beleza;
  • Turismo e Hospitalidade;
  • Comunicação;
  • Conservação e Zeladoria;
  • Design;
  • Gastronomia;
  • Informática;
  • Meio Ambiente;
  • Moda
  • Saúde.

➜ Acesse esse link, e selecione a área desejada. O portal vai disponibilizar cada um dos cursos.

Cursos Gratuitos SENAC Americana

Afim de aumentar as chances de formação das pessoas em vulnerabilidade social, os cursos gratuitos SENAC SP 2022 oferecem vagas por unidade da escola. É preciso verificar quantas oportunidades estão em aberto, antes de fazer sua inscrição.

Por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG) milhares de pessoas se formaram e iniciaram a atuação no mercado. A exigência é que os candidatos possuam renda familiar bruta de até 2 salários mínimos por pessoa.

Para calcular essa expressão, é preciso somar a renda de todos os membros e dividir pela quantidade de pessoas. Como é explicado na imagem abaixo:

As inscrições acontecem no mesmo período que o cadastro para todos os públicos. Os interessados devem levar documentos que comprovem a condição de baixa renda, como comprovante de residência familiar.

Como foi dito é preciso verificar as vagas disponíveis, veja nesse link o banco de oportunidades.

Inscrições SENAC Americana 2022

Não há um período exato de inscrições SENAC Americana 2022, diferentes de outras escolas o sistema não abre turmas somente no início de cada semestre. Por oferecer cursos de aprendizagem e livres, todos os meses novas turmas ficam disponíveis.

A matrícula é feita de forma presencial. Mas é possível fazer uma pré reserva online, pagando um boleto que comprove o interesse. Esse processo não é válido para cursos técnicos e para menores de 18 anos, quando há necessidade de comparecimento até a secretaria da unidade escolhida.

Veja como fazer o processo online:

  • Acesse o site do SENAC SP;
  • Arraste a página para baixo. E no catalogo de áreas de atuação, escolha a que pretende ingressar;
  • Dentre as opções, selecione o curso que mais te agrada. E verifique sua disponibilidade;
  • Leia atentamente as informações, frisando a unidade em que este curso está disponível. Depois clique em ‘Formas de pagamento’;
  • O pagamento do boleto bancário representa a pré reserva. Clique sobre o link em destaque;
  • Preencha o formulário.

Contato SENAC SP 2022

Para entrar em contato SENAC SP 2022, e esclarecer suas dúvidas ligue para:

  • Disque Senac: 3325-8311;
  • Horário de atendimento (telefone): segunda à sexta-feira, das 7h30 às 19h30;
  • Horário de atendimento (balcão): segunda à sexta-feira, das 8h às 21h;
  • Endereço das unidades: link oficial.

Autorizado ou Reconhecido pelo MEC? Conheça Diferenças!

Sempre que estamos procurando por um curso superior se perguntamos se eles são autorizados ou reconhecidos pelo MEC, não é mesmo? Apesar de soar como palavras que tenham a mesma finalidade, autorizados e reconhecidos possuem significados diferentes. A seguir, saiba distinguir essas diferenças para não se confundir mais!

Assim como já ressaltamos logo no início deste post, voltamos a dizer que antes de se matricular em um curso de graduação é de suma importância saber se o mesmo é autorizado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Não deixe de efetuar o pagamento do Boleto FIES.

Para que você entenda esta diferença entre autorizado e reconhecido, é preciso que antes saiba como funciona essa dinâmica da criação de um curso. Confira a seguir:

  • Para que o curso seja reconhecido ou autorizado, é necessário que a instituição seja credenciada pelo MEC;
  • Com o credenciamento, a instituição pode criar seus próprios cursos (basta apenas pedir autorização ao Ministério da Educação);
  • Com esta autorização a instituição do ensino superior pode abrir seu processo seletivo e criar novas turmas;
  • Assim que o curso for iniciado, a IES deve solicitar o reconhecimento no MEC: Nos cursos que possuem duração de 4 (quatro anos) o pedido deve ser feito no segundo ano de funcionamento. Já os que possuem duração com mais de 4 anos, a solicitação deve ser feita a partir do terceiro ano;
  • Agora, uma comissão do INEP irá visitar a instituição e irá avaliar todos os quesitos de instalação, corpo docente, grade curricular, laboratórios e entre outros aspectos relacionados ao curso;
  • Com base nesse levantamento, os técnicos do MEC irão reconhecer o curso em questão.

Caso negado, o curso deve ter as reparações necessárias. Se não forem feitas, o mesmo é fechado e proibido de ser ofertado nesta instituição.

Agora que você já sabe como funciona todo o processo de reconhecimento e autorização, veja a seguir a diferença das palavras e a real fonte:

Autorizado pelo MEC

Assim como já mencionamos neste post, para que a instituição de ensino possa oferecer um curso ela precisa que o Ministério da Educação (MEC) autorize ou libere a disponibilidade do mesmo.

A autorização é o primeiro procedimento para que a instituição deve solicitar.

Mas vale lembrar que, algumas instituições por serem autônomas não precisam de autorização para começar a ofertar cursos superiores. Apenas informar a Secretaria sobres os cursos disponíveis para que haja uma supervisão e futuramente o reconhecimento.

De forma geral, para que um curso seja oferecido, a instituição precisa solicitar autorização ao MEC.

Reconhecido pelo MEC

Após a autorização e o funcionamento do curso, seja ele na modalidade presencial ou EAD é preciso que a instituição solicite ao MEC o reconhecimento do mesmo.

O reconhecimento deve ser solicitado no segundo ano, em casos de cursos que tenham duração de quatro anos, e no terceiro ano de funcionamento para cursos que tenham duração de mais de cinco anos.

O reconhecimento dos cursos é feito após uma comissão do Inep visitar a instituição e avaliar todo os quesitos que se relacionam ao curso, como por exemplo: corpo docente, laboratórios, grade curricular e entre outros.

Avaliada a situação do curso, o Inep pode: reconhecer, pedir ajustes ou negar o reconhecimento.

Não são apenas instituições ou cursos que são avaliados! Os estudantes do Ensino Fundamental ou Médio também tem seu desempenho avaliado através do ENADE 2021. As escolas precisam estar atentas às datas das provas ENADE 2021!

Servidores Públicos Tem Direito ao PIS? Entenda como funciona

Quem atua no mercado de trabalho através da CLT fica automaticamente coberto por diversos benefícios trabalhistas. São exemplos destes benéficos, o seguro desemprego, o auxílio-doença e o PIS. O Programa de Integração Social proporciona o pagamento do abono salarial mas para os trabalhadores da rede privada. E quem serve a rede pública, tem direito ao saque? Verifique as informações a seguir e descubra.

O que é o PIS?

Mensalmente, o trabalhador brasileiro recebe alguns descontos do seu salário bruto e estas taxas proporcionam segurança para o mesmo. O Programa de Integração Social (PIS) é um destes benefícios. Mas vale lembrar que não é sempre que este recurso pode ser acessado sempre.

Para o trabalhador de empresa privada receber o PIS 2021, é necessário possuir registro na CLT há pelo menos cinco anos, receber até dois salários mínimos vigentes, ter seus dados informados corretamente no Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) pelo empregador e ter exercido 30 dias, seguidos ou não, de serviço remunerado.

Quem tem dúvidas quanto ao recebimento do valor, deve verificar a tabela PIS 2021. Lembre-se: o saque é destinado aos trabalhadores da rede privada.

Servidor público tem direito?

Como você já pode conferir, o PIS é muito importante e permite o pagamento de um valor equivalente aos dias de serviço prestados pelo funcionário. Mas afinal, o servidor público tem direito a receber este valor?

Sim, o servidor da rede pública também pode receber o abono salarial, entretanto, vale mencionar que o benefício é proporcionado pelo Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP).

Enquanto o PIS é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal, o PASEP é gerenciado pelo Banco do Brasil e os servidores que tem direito ao saque, receberão o valor através de seu banco.

Como sacar?

Os requisitos de saque para o PASEP são os mesmos do PIS, portanto, quem recebe o valor mínimo, tem o tempo de serviço necessário e está com os dados devidamente informados nas instituições, deve ficar atento ao prazo de saque do abono salarial.

Quem não retira o benefício dentro do prazo estabelecido, tem o valor retido e perde o direito ao saque. O abono é pago em lotes, dando prioridade aos aposentados e casos especiais.

Quando confirmar o direito a receber o abono salarial e o pagamento dos lotes do PIS/PASEP, basta ficar atento a sua conta de recebimento e efetuar o saque no banco em questão, seja a Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil.

Saiba como ter direito à isenção do IR

O Imposto de Renda é uma contribuição anual que deve ser cumprida por determina categoria de trabalhadores. Em alguns casos, o contribuinte pode solicitar a isenção do IR e ficar livre da taxa. Mas como é o processo de solicitação do recurso?

O Imposto de Renda é uma das taxas obrigatórias mais importantes para o Governo e deve ser cumprido junto a uma declaração oficial de valores tributáveis. Vale mencionar que esses valores precisam ser comprovados através de notas fiscais, por exemplo.

Não declarar o IR, incluir dados errôneos ou até omitir valores pode acabar fazendo com que o contribuinte caia na malha fina e tenha problemas com a Receita Federal.

Por isso, quem não tem direito a isenção pode utilizar recursos como o simulador IRPF 2022 para saber com mais precisão os valores que deverá cumprir e evitar problemas com a Receita.

Mas afinal, quem precisa realizar a declaração do IR?

De acordo com a Receita Federal, deverá realizar a declaração do Imposto de Renda 2022 os servidores que estiverem dentro das situações abaixo:

  • Assalariados, aposentados e pensionistas;
  • Quem obteve, em 2019, rendimento tributável acima de R$ 28.559,70;
  • Quem obteve mais de R$ 128.308,50 como renda rural;
  • Quem investiu qualquer valor na bolsa, criptomoedas ou similares;
  • Quem tiver posses no valor acima de R$ 300 mil.

Quem tem direito a isenção?

As regras estão previstas para todos os brasileiros, exceto por aqueles que tem direito a isenção do imposto. Esse é um recurso muito importante e muita gente ainda não sabe que tem direito a ele.

Por isso, vale a pena conferir quem tem direito ao IR para solicitar o benefício. De acordo com a Receita Federal, poderá solicitar a isenção, quem for diagnosticado com doenças graves, como:

  • AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida);
  • Cegueira (inclusive monocular);
  • Doença de Parkinson;
  • Esclerose Múltipla;
  • Fibrose Cística (Mucoviscidose);
  • Hanseníase;
  • Nefropatia Grave;
  • Neoplasia Maligna;
  • Tuberculose Ativa;
  • Entre outras.

Como solicitar a isenção do IR?

Se você está de acordo com os requisitos de isenção do IR, está na hora de saber como funciona o processo de solicitação desse recurso para dar entrada dentro do prazo estimado.

Em primeiro lugar, é necessário que contribuinte consiga um laudo médico pericial dentro do modelo oferecido pela própria Receita. É possível conseguir o documento através da perícia INSS ou do Sistema Único de Saúde.

Depois é só preencher o requerimento de isenção, emitido pela própria Receita Federal, e enviar o seu pedido junto com as cópias dos seus documentos oficiais.

Com a crise econômica, cresce o número de beneficiários do Bolsa Família no Brasil

O Bolsa Família é um dos maiores programas que existem atualmente. Além disso, é um dos poucos que promovem a transferência direta de renda para as famílias cadastradas.

De acordo com números divulgados recentemente, a quantidade de famílias cadastradas no Bolsa Família surgiu consideravelmente, o que alertou especialistas da economia.

Afinal, de que forma o cenário do trabalho no Brasil tem a ver com essas taxas e qual a previsão para o futuro do programa nos próximos meses.

O programa Bolsa Família surgiu no Governo Lula como uma das propostas que promoviam a mudança do cenário de pobreza no país. Ao mesmo tempo, outro programa foi criado com o intuito de amenizar a situação de fome no país: o programa Vale Gás.

Atualmente, o Vale Gás foi unificado ao Bolsa Família e ambos passaram a beneficiar diversos núcleos familiares que estivessem cumprindo com os requisitos do programa.

É interessante afirmar que a iniciativa se divide em duas categorias de beneficiários. A primeira, é destinada aos cadastrados que se encontram em situação de pobreza extrema e a segunda, aqueles que se encontram em situação de pobreza.

Desde a sua criação, o Bolsa Família foi crescendo e se popularizando entre as pessoas que se encontravam em situação de carência. Portanto, podemos dizer que o crescimento de famílias cadastradas fosse esperado em um certo momento.

A questão é que o número esteve alarmante e a previsão é que uma grande porcentagem de famílias esteja se inscrevendo para receber o Bolsa Família 2021.

Isso porque, a crise financeira pela qual o país tem passado há alguns anos, colocou em estado preocupante a renda da família brasileira que anteriormente vivia de forma confortável.

Esse índice dá-se, principalmente, ao cenário de desemprego no país. Um outro fator que pode enfatizar essa afirmação é a grande quantidade de solicitações do seguro desemprego nos últimos anos.

Além disso, o mercado tem se tornado exigente e cada vez mais pessoas estão buscando trabalhar de forma independente, seja empreendendo ou assumindo outras categorias de emprego.

Entretanto, as soluções momentâneas ficam em risco quando pensamos no grande número de pessoas que estão buscando fazer a mesma coisa no mercado de trabalho, o que torna evidente o crescimento de famílias cadastradas no Bolsa Família.

A expectativa é que grande parte da população de renda baixa e média estejam realizando o cadastro no Cadúnico para solicitar a renda mensal do Bolsa Família.

Dicas para quem irá viajar de carro

Viajar de carro pode ser bastante prazeroso para um casal ou uma família. Contudo, alguns cuidados devem ser tomados antes de colocar as rodas na estrada e evitar transtornos. Muitos problemas podem ser solucionados antes de sair na garagem e não atrapalhar o roteiro. Confira algumas dicas a seguir sobre o Seguro DPVAT, entre outras informações.

Veja esse site e entenda como o seguro DPVAT pode te auxiliar.

Cuidados importantes antes de viajar de carro

É um hobby comum entre os europeus e norte-americanos viajar de carro. Infelizmente as condições da estrada por lá são muito melhores que as brasileiras. Mas para alguns destinos ainda dá para curtir uma boa aventura em um veículo de quatro rodas. Para quem for seguir a dica confira alguns cuidados cruciais antes de apertar o acelerador.

1 – Faça uma boa revisão do carro

O ideal é manter o bom estado do carro sempre com revisões periódicas. Mas uma semana antes de colocar o pé na estrada é indicado fazer uma nova revisão.  Uma visita breve ao seu mecânico de confiança confirmando o bom funcionamento de todas as peças pode ser o diferencial entre o sucesso e o fracasso das férias.

Por longos quilômetros das estradas brasileiras é comum não encontrar oficina ou pontos de suporte.  Mesmo tendo seguro nem sempre a rede do celular vai funcionar para solicitar ajuda.

2 – Sempre saia com um tanque cheio

Muitos viajantes já acabaram no acostamento da estrada contando com um posto de gasolina no caminho com combustível mais barato. Se você não conhecer bem a estrada pode acabar sem pontos para abastecimento e o carro encostado.

3 – Quite todos os impostos

A regra da obrigatoriedade do pagamento do IPVA Rio Grande do Sul vale para todos os veículos.  Mesmo saindo do seu estado de origem é preciso pagar IPVA e DPVAT 2021 RS o carro pode ser apreendido e sua viagem ficará incompleta. Isso sem contar que um carro apreendido em outro estado deve ser liberado no mesmo estado que foi preso pagando as devidas taxas de estacionamento por dia do pátio do Detran.

4 – Verifique o seu estepe e peças de manutenção

Você não quer ficar na estrada porque furou um pneu e não tem como trocar, correto? Antes de sair e observe se o pneu do estepe está cheio ou precisa de uma nova calibragem e se as peças para troca de pneu estão dentro da mala.

5 –  Analise o trajeto antes de colocar o pé na estrada

Muitos problemas podem surgir com uma família perdida em uma viagem de carro. As estradas são perigosas (em especial no turno da noite) e todo cuidado é pouco quando se trata de segurança.

Em algumas localidades é melhor não confiar totalmente na tecnologia de um GPS. Observe o trajeto online antes de sair de casa e se possível leve um mapa impresso com as principais vias a serem cruzadas.

6 – Verifique se os documentos estão com você

Do que adianta pagar todas as taxas e impostos se não levar o documento do veículo e habilitação? Coloque em um lugar visível para verificações de agente de trânsito e da Polícia Federal ou Polícia Rodoviária Federal, presenças comuns nas estradas brasileiras.

7 –  Levar água e um lanchinho nunca é demais

Motivos diversos podem fazer restaurantes e lanchonetes na beira da estrada fecharem e deixar crianças e adultos desconfortáveis no carro. O melhor é garantir levando água e lanche em uma mochila térmica dentro do veículo. Nada que possa estragar fora da geladeira.

Como faço para ver quantos pontos tenho na CNH?

Então, você está se pergunta: Como faço para ver quantos pontos tenho na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) pela internet? É muito fácil, através da internet e do site do Detran do seu estado, é possível ver quantos pontos você já marcou em sua carteira de habilitação.

Basta acessar o site do Detran correspondente ao seu estado e digitar o número de registro de sua CNH, escolher o modelo e informar o seu CPF. Em poucos instantes, o site irá lhe informar quantos pontos você já fez em sua CNH, ou seja, as multas que você levou. Faça já sua consulta!

Quer obter a carteira de habilitação, mas não tem condições financeiras para arcar com os custos deste documento? Agora, é possível por meio da CNH Social 2021. O Governo Federal criou esse programa para que mais pessoas possam ter acesso a carteira nacional de habilitação.

Esse programa também oferece a renovação, mudança de categoria e atribuição de categoria. Nem todos estados oferecem esse benefício, mas se você reside no Rio Grande do Sul poderá aproveitar a CNH social.

Consulte no Detran do seu estado a pontuação da sua CNH ou Carteira Nacional de Habilitação para ficar a par da sua situação para não ter surpresa de última hora. Os Detrans de todo país possuem sistema on-line de consultas de pontuação de carteira de acordo com a multas. Como funciona o sistema de pontuação: na sua carteira vai acumulando pontuação até 20 pontos – é aplicado somente ao portador de CNH definitiva, para casa de Permissão par Dirigir é considerado o tipo de infração: grave ou gravíssima ou reincidente em infração média, neste caso deverá reiniciar todo o processo de habilitação de novo – quando houver acúmulo de 20 pontos a pessoa será notificada e deverá se dirigir ao Detran e apresentar a CNH, que será recolhida por um período, dependendo das penalidades das multas e o condutor será encaminhado a um curso de reciclagem no Detran, após o curso e cumprido o período ela será devolvida ao condutor.

A pontuação permanece durante 12 meses a contar da data em que aconteceu a infração.

Pagamento do Abono Salarial aos trabalhadores é feito de acordo com seu aniversário

O calendário PIS 2022 confirmar a data para efetuar o pagamento a todos os trabalhadores e é pago de acordo ao dia do aniversário do contribuinte. Para visualizar o calendário basta ir nas agências da Caixa lotéricas, correspondentes Caixa aqui, afixado em locais de grande movimentação e através da internet nas páginas da Caixa e do Ministério do Trabalho e Emprego.

A seguir mostraremos um passo a passo para que o contribuinte possa ver a data de pagamento do PIS através do novo calendário:

  • Siga para o site www.caixa.gov.br;
  • No menu superior do site da Caixa, clique em “Calendário de Pagamentos”;
  • Agora você já pode confirmar a data de pagamento.

Como você já sabe o pagamento do PIS passado é conforme ao calendário anual estabelecido pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT). O mesmo pode ser solicitado através de agências da Caixa mais próxima a você.

Tem direito a receber pagamento do PIS 2022 os trabalhadores de empresas privadas com carteira assinada e que esteja cadastrado no programa de interação social. Para ter o direito de sacar o dinheiro do PIS, o trabalhador precisa:

  • Ter exercido uma atividade renumerada para pessoa jurídica (Empresas), durante um período acima de 30 dias, consecutivos ou não, no ano que o beneficiário irá receber o pagamento para ir para a apuração;
  • Ter recebido uma renumeração mensal média equivalente a dois salários mínimos durante o ano-base;
  • Estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos;
  • Ter seus dados informados pelo empregador.

O pagamento referente ao PIS começa a ser disponibilizado durante todo o período anual. Para ter o pagamento o trabalhador pode retirar por três formas:

  • Através de crédito em conta. Para isso o trabalhador tem que possuir uma conta corrente ou poupança na caixa;
  • Através de caixas eletrônicos, nas casas de correspondentes Caixa aqui e em casas lotéricas. Utilizando o Cartão cidadão;
  • Em agência da Caixa, apresentando o número do PIS e um documento de identificação.
  • Com isso para efetuar o saque do pagamento do PIS 2019 nos caixas eletrônicos o beneficiário precisa ter em mãos o cartão cidadão. Para aqueles que não possuírem o cartão devem procurar uma agência da caixa, mas próxima e apresentar o documento de identificação do PIS.

Os beneficiados do pagamento do PIS podem realizar a consulta através de agências da instituição bancária ou na internet, pelo site da Caixa Econômica. Para que o mesmo possa a ter acesso ao extrato do PIS e outras consultas online basta o trabalhador colocar o número da inscrição e a senha de usuário para poder usar o sistema.

A consulta PIS é um processo simples, veja abaixo:

  • Acesse www.caixa.gov.br;
  • No primeiro campo, preencha com o número do NIS;
  • Em seguida digite sua Senha;
  • Para finalizar sua pesquisa, clique em “OK”

Já dentro do site e tendo em mãos toda a documentação precisa basta realizar o preenchimento dos dados que for preciso, logo após é só clicar em OK e ir para a próxima página no qual receberá informações a respeito do número do PIS. Podendo conferir o saldo, pagamento, calendário e suas informações pessoais do seu PIS 2022.